Como o RH pode utilizar a inteligência artificial

A gente pode nem perceber, mas a Inteligência Artificial (AI) está presente nas nossas vidas mais do que imaginamos. Ela está por trás do chatbot que “fala” com você no aplicativo do banco ou em páginas no Facebook, nos aplicativos de rotas como Waze e Google Maps que oferecem o melhor caminho de um ponto a outro e até no jogo de videogame do seu filho, capaz de oferecer a ele um adversário à altura.

Como podemos perceber, a Inteligência Artificial está em vários aplicativos e softwares que já fazem parte do nosso cotidiano. Neste artigo vamos falar sobre a AI em uma área bem específica: a de Recursos Humanos.

Continue a leitura para conhecer da AI, suas implicações e vantagens no RH e em quais áreas ela pode ser aplicada.

Você conhece o conceito de Inteligência Artificial (AI)?

Quando alguém fala em Inteligência Artificial, a primeira ideia que vem à cabeça está relacionada com algo futurista. E, de certa forma, é. Isso porque o assunto está ligado à tecnologia utilizada para reproduzir aspectos humanos em máquinas.

Inteligência Artificial ou, em inglês, Artificial Intelligence (AI) - também chamada de Machine Intelligence - é uma área específica da Ciência da Computação responsável por desenvolver dispositivos tecnológicos que simulam o raciocínio humano.

Em outras palavras, a AI cria mecanismos que copiam a principal característica dos seres humanos: a inteligência. Na prática, a Inteligência Artificial utiliza-se de softwares e programas capazes de aprender coisas, realizar tarefas, analisar dados, reconhecer padrões e tomar decisões.

Nas empresas, a AI ocupa espaço tanto para atendimento do público externo, quando para auxiliar o analista de RH em suas tarefas cotidianas. A seguir, vou explicar quais os principais benefícios da Inteligência Artificial para o RH.

Benefícios da Inteligência Artificial no RH

A tecnologia presente em softwares e dispositivos com Inteligência Artificial podem beneficiar as atividades desenvolvidas no setor de Recursos Humanos. Veja, por exemplo:

  • Permite entender melhor e estar mais perto dos colaboradores, mesmo que a empresa tenha muitos membros no time;
  • Proporciona decisões mais rápidas e mais assertivas, uma vez que os dados e métricas estão organizados e podem ser analisados com mais precisão;
  • Ajuda a reconhecer tendências, padrões e estilos, o que acaba facilitando o desenvolvimento de estratégias na empresa;
  • Melhora a comunicação interna;
  • Agiliza e simplifica processos de recrutamento e seleção, onboarding e engajamento.

Com esses (e outros) benefícios, o RH se destaca cada vez mais como um setor chave na organização. Por isso, as ações estratégicas passaram por ele, com absoluta certeza. Esteja atento a isso!

Tipos de Inteligência Artificial aplicados no RH

A seguir, vamos conhecer os principais tipos de Inteligência Artificial aplicados no RH:

  1. Bots e automatizadores:
  2. Biometria;
  3. Algoritmos.

A tecnologia dos bots serve para fazer buscas e análises automatizadas nos dados e informações armazenados na internet ou nas redes internas das organizações, para, com isso, fornecer respostas rápidas. Dessa maneira, o que antes precisava de um certo tempo de espera para ser informado, agora é repassado à parte interessada instantaneamente.

Com a biometria, nosso cotidiano já foi invadido por sistemas para o reconhecimento de digitais e de reconhecimento facial, por comando de voz ou pela íris. Mas essa tecnologia ainda não está ao alcance de todos. A biometria é responsável por mensurar índices importantes para o RH: cumprimento da jornada de trabalho, assiduidade, cálculo de horas-extras, etc.

Nas empresas, o relógio ponto há muito foi substituído pelo ponto eletrônico, onde basta a checagem da digital do colaborador para marcar entrada e saída. E a automatização dos processos ainda tenta vencer a burocracia, mas já auxilia bastante na redução de papéis, pastas e formulários.

Certo é que a Inteligência Artificial está cada vez mais presente nas organizações. Um exemplo clássico acontece quando ligamos para uma loja ou restaurante e conseguimos resolver nosso problema apenas apertando algumas teclas de um menu inteligente.

E os algoritmos? Qual sua aplicabilidade na Gestão de Pessoas? De maneira geral, as áreas de recrutamento têm se beneficiado dessa tecnologia em processos que envolvem a identificação de talentos e a análise comportamental dos colaboradores, por exemplo. Com isso, os algoritmos são fundamentais para simplificar, agilizar e tornar mais eficiente o setor.

Aplicação da AI no RH

Obviamente que não é só a Gestão de Pessoas que está se beneficiando com a Inteligência Artificial, pois muitos setores das empresas e das indústrias estão investindo em tecnologia para realizar seus processos. Mas, nesse artigo, minha proposta é compreendermos como o RH pode utilizar a AI de forma eficaz e, consequentemente, gerar maior produtividade.

Alta performance

O levantamento de dados por meio da Inteligência Artificial permite ao analista de RH identificar competências e analisar o perfil dos colaboradores. Assim, fica mais fácil identificar características e designar pessoas para as funções mais adequadas. Isso graças ao cruzamento de informações que a tecnologia proporciona. O resultado tem impacto direto na produtividade, no desempenho dos times e na retenção de talentos, diminuindo turnover na empresa. Sem contar na melhora considerável do clima organizacional.

Grandes empresas já contam com softwares capazes de identificar padrões de comportamento e relacionar essas informações com vagas disponíveis, cruzar os dados com o banco de talentos e, até mesmo, analisar a necessidade de treinamento com os colaboradores.


Recrutamento e seleção, onboarding e engajamento

A AI aplicada nos processos de recrutamento e seleção permitem o cruzamento rápido de informações, a partir da análise comportamental de um possível candidato aliada às vagas disponíveis, por exemplo. Desse modo, a Gestão de Pessoas consegue otimizar a busca por novos colaboradores, selecionando aqueles com maior chance de apresentarem bom desempenho no cargo em questão. Sem contar na redução de tempo e de custos para executar esses processos.

Outra aplicação da Inteligência Artificial nos processos de contratação permitem a realização de entrevistas com o auxílio de chatbots. Claro que nada substitui o contato pessoal proporcionado por uma entrevista in loco, mas a tecnologia pode auxiliar na pré-seleção dos candidatos.


Clima organizacional

O uso de softwares aplicados na Gestão de Pessoas permite a aplicação de pesquisas de clima nas empresas, gerando a compilação de dados e a consequente geração de relatórios. Com isso, os gestores conseguem avaliar o clima organizacional. A avaliação dos resultados permite a adoção de medidas para melhorar o ambiente no trabalho. E isso é muito positivo em qualquer empresa, não é mesmo?
Bom, espero que esse artigo ajude você a considerar o uso da Inteligência Artificial na sua empresa. Se quiser saber mais, conte com nosso suporte. Aqui na Inboarding temos ótimas ferramentas para ajudar você a implantar a tecnologia certa e conquistar os resultados que você precisa. Até a próxima!

“Inboarding




Fernanda Martins

Designer, Fernanda tem a missão de promover a inclusão como estratégia competitiva e implementar tecnologias disruptivas para a transformação digital.